Publicado em 20/10/2020

ÀWA 2020: outras ações durante o mês

Além das lives, o ÀWA – Festival Sesc da Cultura Negra - estende sua programação ao longo do mês de novembro. E, neste ano, as ações do ÀWA se encontram com o Sesc Paraty em Rede, a programação online do Sesc Paraty. 

Assim, nossos podcasts trarão assuntos relacionados à temática étnico-racial. Além desse conteúdo, haverá oficinas ao vivo e gravadas.

Oficinas

A documentarista Éthel Oliveira apresenta a oficina Nós somos um filme. A proposta é fazer uma imersão de dois dias em uma série de filmes curta metragens e trechos de longa metragem que abordem a construção da imagem da mulher preta e dos espaços pretos na diáspora. A ideia é nos aproximarmos da produção cinematográfica a partir de um referencial preto e pessoal. As inscrições vão até o dia 20 de novembro.

CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA INSCRIÇÃO NA OFICINA NÓS SOMOS UM FILME

No fim do mês, a pesquisadora Thais Muniz apresenta a oficina Turbante-se: Workshop & Roda de Conversa. A proposta é apresentar a história dos turbantes e ensinar amarrações. As inscrições serão abertas no dia 16 de novembro e divulgadas aqui no site. 

Em nosso canal do Youtube, publicaremos a oficina de Tranças ministradas por Larissa M. David. Essa atividade não exige inscrição prévia. 

Diálogos e escutas

Roda de Escuta é um podcast de debate sobre arte, cultura e sociedade. No mês de novembro, vamos usar esse espaço online para falar de capoeira, visibilidade, ancestralidade e educação. A proposta é abrir espaço para a diversidade de vivências e troca de experiências. 

Na conversa Ancestralidade, capoeira de angola e o Jongo como resistência, quem compartilha os saberes é o educador social e capoeirista Sérgio Kapetinha. Também participa da conversa a Laura Santos, moradora do Quilombo do Campinho da Independência, incentivadora e mantenedora da cultura do Jongo.

Para falar sobre relações raciais na educação infantil, recebemos a professora doutora Waldete Tristão e a professora Janaina Siqueira, que é pós-graduanda em história e ensino da África e cultura afro-brasileira.

E na conversa sobre a importância da visibilidade para a juventude, quem apresenta suas experiências é a Andreza Jorge, que atua em projetos sociais para a equidade de gênero; e  Kelly Dutton, militante e idealizadora no movimento Afro-resistência, que gera rede de fortalecimento para a juventude negra do município de Paraty.

Podcasts

O podcast Palavra Encenada também encontra o ÀWA no mês de novembro. Abrimos a quinta temporada com duas contações de história de contos de matriz africana dramatizados pelo ator Maurício Ricardo. Na sequência, a atriz Luana Vitor apresenta dois contos do autor Lima Barreto. 

No Conversas Literária, o podcast de literatura do Sesc Paraty, os autores Otávio Júnior, Débora Arruda e Bruno Ribeiro compartilham suas experiências no universo da escrita. 

Os podcasts são semanais e estão disponíveis no canal do Youtube do Sesc Paraty e nas plataformas Spotify, Google Podcast, Breaker e Anchor.