Crédito: Ratão Diniz

Publicado em 02/07

Sesc oferece curso sobre Fotografia Popular

A partir de agosto, o Polo Sociocultural Sesc Paraty oferecerá gratuitamente o curso Fotografia, Periferia e Memória, com encontros semanais e online. Esta atividade tem como tema central a Fotografia Popular, recebendo nomes que têm se destacado nesse campo de atuação. 

Trata-se de um ciclo de palestras que pretende abordar, ao longo de 17 encontros com duração de uma hora e meia cada, uma visão sucinta da prevalência da imagem na contemporaneidade, com ênfase na consolidação de uma consistente produção fotográfica nas periferias brasileiras a partir dos anos 2000. 

AS INSCRIÇÕES ESTARÃO ABERTAS A PARTIR DE 14 DE JULHO. CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O FORMULÁRIO.

As narrativas apresentadas estarão pautadas pelas experiências pedagógicas com a Escola de Fotógrafos Populares (2004-2013) e com o Coletivo Fotografia Periferia e Memória (fundado em 2015 e ainda atuante). 

No campo de ação aqui delimitado, pretendemos desenvolver uma reflexão sobre a potência da fotografia popular, tanto como produtora de uma memória pouco veiculada pela mídia hegemônica, quanto como expressão de mundos possíveis, invadindo os territórios da ficção e da arte. 
Para dar conta da tarefa vamos apresentar a obra de fotógrafas e fotógrafos convidados para comentar seus trabalhos, acompanhados pelas apresentações de mestres que foram cruciais em seu processo de formação.

Fotografia, Periferia e Memória tem curadoria e mediação do fotógrafo, jornalista e pesquisador Dante Gastaldoni. Esta atividade faz parte do projeto Fotografia e Linguagem, dentro da programação de Artes Visuais do Sesc Paraty.

Haverá entrega de certificado para quem participar de, ao menos, 75% dos encontros. As vagas são limitadas. 

Datas e convidados
12 de agosto - Mediação da mesa de Dante Gastaldoni com Luiz Baltar
19, 20, 26 e 27 de agosto – Oficina Bem querer, com João Ripper 
02 de setembro - Imaginar outras imaginações - o Mão na lata, o pinhole e suas possibilidades de fabulação, com Tatiana Altberg
09 de setembro - Cafuné na Laje, uma universidade em formação, com Leo Lima
16 de setembro - A fotografia como geradora de sonhos e memórias, com Thais Alvarenga
23 de setembro - Da laje eu vi o mundo (retrospectiva fotográfica), com AF Rodrigues
30 de setembro - Água, entre o sagrado e o profano, com Elisângela Leite
07 de outubro - Os vermelhos de Fábio Caffé (Ogum, Flamengo e Carnaval), com Fabio Caffé
14 de outubro - A produção dos fotógrafos potiguares, com Meysa Medeiros
21 de outubro - Na periferia das identidades sociais: o caso dos povos originários, com Milton Guran
28 de outubro - Fotografia de escuta, com Nana Moraes
04 de novembro - Os quatro elementos do Hip Hop, com Thiago Ripper
11 de novembro - Os tempos e os espaços múltiplos nos Fluxos de Luiz Baltar, com Luiz Baltar
18 de novembro - A memória e a preservação dos arquivos fotográficos, com Monara Barreto
25 de novembro - A cor nossa de cada dia, com Ratão Diniz (autor da foto de destaque nesta postagem)
02 de dezembro - Populações tradicionais, com João Ripper 

Fotografia, Periferia e Memória
Data: de 12 de agosto a 02 de dezembro, sempre às quintas-feiras
Horário: das 19 às 21h
Local: online